Vi a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu,

da parte de Deus, preparada como uma noiva adornada
para o seu marido. Apocalipse 21.2 (NVI)

Destaques

 
Família, lugar de esperança PDF Imprimir E-mail
Escrito por www.lpc.org.br   
Dom, 25 de Maio de 2014 11:28

mae-filho-maos’O Senhor te abençoe para que [...] vejas os filhos de teus filhos. Paz sobre Israel.’’ Sl 128:5,6.

Há quatro fases bem distintas na vida familiar: o casamento, a chegada dos filhos, os filhos unidos ao redor da mesa e o surgimento dos netos. Na sua bondosa providência, na mesma medida em que os pais envelhecem, os filhos se casam e os netos chegam para renovar a esperança da perpetuação da família sobre a terra. Os netos são a recompensa maior dos avós. Os netos são os filhos dos filhos, o renovo da esperança, a alegria da família, o futuro das gerações.  

Feliz é a família que pode entregar para a sociedade uma geração santa, uma semente bendita, homens e mulheres que sejam reparadores de brechas. Feliz é a família que pode ver sua semente se multiplicando na terra e influenciando a história. Feliz é a família que, como Jó, vê os filhos dos filhos até à quarta geração. Feliz é a família que oferece à nação, com o propósito de construir uma grande história, a inteligência de seus filhos, a força de seus braços e a poderosa influência de sua fé em Deus. 

Num tempo em que tantas famílias naufragam no mar revolto da vida, quando tantos pais vêem seus filhos se perdendo, atraídos pelo brilho falso deste mundo, não há vitória maior do que ter uma família unida e feliz, que sirva de paradigma para a sociedade e de esperança para as gerações futuras.

 

 
Família, lugar de aprendizado PDF Imprimir E-mail
Escrito por www.lpc.org.br   
Dom, 18 de Maio de 2014 09:58

leitura“Estas palavras que, hoje te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos’’Dt 6:6-7

A família é a primeira, a mais importante e a melhor escola do mundo. Se essa escola falhar, as outras não terão êxito. É na família que somos preparados para a vida. Mas, antes de termos filhos bem sucedidos precisamos de pais comprometidos. Os pais não apenas geram; também, criam os filhos à sua imagem e semelhança. Por isso, os pais precisam educar a si mesmos antes de educar os filhos. Precisam amar a Deus para depois ensinar seus filhos a amá-lo.

O ensino que transmitem aos filhos precisa estar primeiro em seu coração. Só então, os pais ensinam com eficácia. O exemplo não é apenas uma forma de ensinar, mas a única forma eficaz de fazê-lo. O processo da aprendizagem exige repetição e criatividade. Os pais precisam inculcar na mente dos filhos as verdades de Deus. Isso significa que devem repetir as coisas até que esse ensinamento seja assimilado. Mas não basta repetição; é preciso criatividade. 

Os pais precisam falar aos filhos quando estão assentados em casa, quando estão andando pelo caminho; quando fecham as cortinas do dia e logo de manhã, quando se levantam para uma nova jornada. O resultado desse ensino é garantido: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Pv 22.6).

Última atualização em Dom, 18 de Maio de 2014 10:04
 
Família, lugar de salvação PDF Imprimir E-mail
Escrito por www.lpc.org.br   
Dom, 11 de Maio de 2014 09:36

familia-alegre“e que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus 2Tm 3.15

A família é o palco onde se desenrolam os grandes acontecimentos da vida. Evoco a história de Timóteo, registrada no livro de Atos e nas epístolas paulinas. Nasceu num lar piedoso. Sugou com o leite materno a piedade e recebeu desde a infância a instrução das Escrituras. A fé genuína habitou primeiro em sua avó Loide e também em sua mãe Eunice. Essa mesma fé foi transmitida a Timóteo. Esse conhecimento da verdade tornou-o sábio para a salvação.

Mais tarde, Timóteo conhece o apóstolo Paulo e torna-se seu filho na fé, discípulo e companheiro de viagens. Paulo disse que Timóteo transcendeu a todos os outros cooperadores, porque ninguém havia como ele, que cuidasse dos interesses de Cristo e da igreja. Timóteo foi pastor da igreja de Éfeso, num tempo crítico, onde os crentes da Ásia estavam numa debandada geral. Mesmo sendo jovem, tímido e doente, liderou o povo de Deus num tempo de perseguição política e invasão de falsos mestres.

A criação de Timóteo reafirma a verdade das Escrituras: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Pv 22.6). O legado espiritual que Timóteo recebeu na infância produziu abundante retorno na juventude e grande colheita para o reino de Deus ao longo da história.

Última atualização em Dom, 11 de Maio de 2014 10:01
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 8 de 29